Indicador da FGV que mede tendência de emprego sobe em junho após 4 quedas seguidas

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) registrou alta em junho, após recuar nos quatro meses anteriores, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta terça-feira (9). O índice subiu 0,8 ponto para 86,6 pontos, mas ainda segue bem abaixo da marca de 101,1 pontos registrada em janeiro.

Na média do segundo trimestre, houve queda de 9,6 pontos em relação ao trimestre anterior.

A alta do IAEmp em junho surge como um primeiro sinal positivo. Apesar disso, considerando o patamar baixo do indicador, o cenário do mercado de trabalho para os próximos meses ainda é de cautela. Para uma recuperação mais consistente e robusta é necessária uma melhora mais expressiva da atividade econômica e de redução dos níveis de incerteza ”, afirma Rodolpho Tobler, economista da FGV IBRE.

"Ainda é preciso novos resultados positivos para sugerir uma redução mais efetiva da taxa de desemprego”, acrescentou.

Segundo a última pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego no Brasil caiu para 12,3% no trimestre encerrado em maio, mas ainda atinge 13 milhões de pessoas.

Fonte: G1

Publicidade