Publicidade

Ministro da Fazenda diz que não há risco de crise na Argentina contagiar o Brasil

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, afirmou nesta terça-feira (8), após participar de audiência pública na Câmara dos Deputados sobre a privatização da Eletrobras, que não há risco de o Brasil ser contagiado pela mais recente crise vivida pela Argentina.

Mais cedo nesta terça-feira, o presidente argentino, Mauricio Macri, informou que está buscando um acordo de financiamento com o Fundo Monetário Internacional (FMI) para lidar com a recente volatilidade do mercado que levou à queda do peso e ao aumento da taxa de juros para 40% ao ano.

"Não há canal de contágio. Temos uma situação externa extremamente confortável", disse Guardia. Ele apontou que o Brasil tem déficit das contas externas pequeno e financiado por investimentos estrangeiros diretos, além de possuir reservas internacionais "extremamente elevadas", de US$ 383 bilhões.

"Não vejo nenhum impacto. É uma situação completamente diferente", completou o ministro.

Fonte: G1 | Alexandro Martello (Adaptado)

Publicidade