Publicidade

Empréstimos do BNDES caem 20% no ano até setembro

O volume de desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) entre janeiro e setembro foi de R$ 50 bilhões, 20% menor que no mesmo período do ano anterior, informou a instituição nesta terça-feira (17).

A maior queda aconteceu na região Sudeste, onde os empréstimos foram 35% menores. Em seguida, a região Sul mostrou a segunda maior retração nos recursos do banco de fomento, de 20%.

Por outro lado, o Nordeste teve o maior crescimento no volume desembolsado, de 19%, alcançando R$ 9,4 bilhões neste período. No Centro-Oeste, a queda foi de 1%, e na região Norte, de 10%.

Nos últimos 12 meses, os desembolsos feitos pelo banco representaram R$ 76 bilhões, uma queda de 27% na comparação com o período imediatamente anterior.

Houve uma queda de 12% nas consultas por crédito no BNDES, a etapa inicial do processo, alcançando um valor de R$ 75 bilhões. Nos últimos 12 meses, foram registrados R$ 100 bilhões em consultas, valor 14% menor que um ano antes.

Os enquadramentos de operações do BNDES — a fase de acolhimento dos pedidos de financiamento e que refletem uma perspectiva de futuro — alcançaram R$ 66,6 bilhões entre janeiro e setembro, valor 9% menor que no mesmo período de 2016.

Em setembro, foram enquadrados R$ 8 bilhões em pedidos de financiamento. Nos últimos 12 meses, os enquadramentos somaram R$ 92 bilhões, valor 18% menor que entre outubro de 2015 e setembro de 2016.

Fonte: G1 | BNDES

Publicidade