Publicidade

Busca das empresas por crédito cresce 1,2% em julho

A busca das empresas por empréstimos cresceu 1,2% em julho em relação ao mesmo mês de 2016, segundo a Serasa Experian. O aumento foi puxado pelos micro e pequenos negócios.

Foi a primeira alta na comparação anual em seis meses. A última vez que a demanda por crédito havia subido foi em janeiro, quando avançou 6,2%.

Segundo os economistas da Serasa, a queda dos juros e a "retomada gradual" da atividade econômica foram os impulsos para que as empresas buscassem financiamento.

Os pequenos e médios negócios puxaram o aumento da demanda por crédito em julho. Para essas empresas, houve aumento de 1,8% em relação ao mesmo mês de 2016. As companhias maiores, porém, estão tomando menos empréstimos. Foi registrada queda de 9,5% na demanda das médias e de 8,7% nas grandes companhias, na comparação anual.

No acumulado dos sete primeiros meses deste ano, a busca de crédito pelas empresas ainda apresenta recuo. Para as médias e grandes, a queda registrada foi de 9,7% e 9% ante o período de janeiro a julho de 2016, respectivamente. Para os micro e pequenos negócios a retração foi menor, de 3,4%.

As empresas do setor de serviços foram as que mais pediram empréstimos em julho, com aumento de 5,1% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Indústria e comércio apresentaram queda de 4,3% e 1,3% na demanda, respectivamente.

No acumulado do ano, todos os segmentos econômicos apresentaram retração no confronto anual. Na indústria, a queda foi de 6,7%; no comércio, de 5,3% e em serviços, de 1,3%.

Fonte: G1 | Serasa

Publicidade